in

Como as emoções negativas nos afetam

Como as emoções negativas nos afetam
Compartilhar no whatsapp
Compartilhe Se Gostou!
Compartilhar no facebook
Compartilhe no Facebook!

Abraçar as emoções negativas na verdade tem um impacto positivo

Raiva, frustração, medo e outras emoções negativas fazem parte da experiência humana. Todas elas podem levar ao estresse e muitas vezes são vistas como emoções a serem evitadas, ignoradas ou rejeitadas, mas a grande verdade é que podem ser saudáveis​ e úteis se experimentarmos. Uma abordagem melhor do que lutar contra é gerenciar sem negá-las, e há vários motivos para isso.

Gerenciando emoções negativas

A ideia de gerenciar emoções negativas é bastante complexa. Não significa evitar sentir – o enfrentamento da evitação é, na verdade, uma forma de aprender a lidar com todo tipo de emoção que aparece na nossa vida. Não significa permitir que essas emoções negativas destruam sua vida, seus relacionamentos, e seus níveis de estresse. A raiva não controlada, por exemplo, pode nos obrigar a destruir relacionamentos, se permitirmos.

Gerenciar emoções negativas é mais sobre abraçar o fato de que estamos sentindo o que estamos sentindo, determinar por que nos sentimos assim e nos permitir receber as mensagens que elas nos enviam antes de liberá-las e seguir em frente. (Sim, essa afirmação pode parecer um pouco estranha, mas nossas emoções são definitivamente projetadas para serem mensageiras que nos dizem algo, e essas mensagens podem ser muito valiosas se ouvirmos.)

Gerenciar emoções negativas também significa não permitir que elas nos dominem. Podemos mantê-las sob controle sem negar aquilo que sentimos.

Como as emoções negativas nos afetam

Emoções negativas x emoções positivas

Quando falamos sobre as chamadas emoções negativas, é importante lembrar que essas emoções, em si mesmas, não são negativas como ruins, mas moram mais no reino da negatividade do que no da positividade. As emoções não são necessariamente boas ou ruins, são apenas estados e sinais que nos permitem prestar mais atenção aos eventos que as criam, seja para nos motivar a criar mais ou menos de uma determinada experiência, por exemplo. Ao contrário de algumas emoções, nem sempre são agradáveis ​​de experimentar, mas, como a maioria das emoções, existem por uma razão e podem ser muito úteis de sentir.

Como as emoções negativas nos afetam?

Raiva, medo, ressentimento, frustração e ansiedade são estados emocionais que muitas pessoas experimentam regularmente, mas tentam evitar. E isso é compreensível – eles são projetados para nos deixar desconfortáveis. Esses estados emocionais negativos podem criar estresse no corpo e na mente, além de poderem também levar a problemas de saúde se o estresse se tornar crônico ou demasiadamente opressor. Ninguém gosta de se sentir desconfortável, por isso é natural querer escapar desses sentimentos – e os perigos do estresse não gerenciado são reais. No entanto, parece que as pessoas às vezes têm para si que essas emoções durarão para sempre ou que os próprios sentimentos são o problema.

De alguma forma, esses sentimentos são benéficos porque também podem nos enviar mensagens. A raiva e a ansiedade, por exemplo, mostram que algo precisa mudar e talvez que nosso bem estar tenha sido ameaçado. O medo é um apelo para aumentar seu nível de segurança. O ressentimento nos motiva a mudar algo em um relacionamento. A frustração também. Basicamente, as emoções negativas existem para nos alertar de que algo precisa mudar e para nos motivar a fazer essa mudança.

Os psicólogos também argumentam que, embora haja muitos benefícios para os estados emocionais positivos, como esperança, alegria e gratidão, também existem efeitos negativos que podem se originar deles. O otimismo, por exemplo, tem sido associado a muitos resultados benéficos para a saúde e felicidade, bem como o sucesso pessoal mas otimismo descontrolado, no entanto, pode levar a expectativas irreais e até mesmo riscos perigosos que podem levar à perda e todos os sentimentos negativos que pode vir com isso. Estados emocionais mais desconfortáveis, como ansiedade, no entanto, podem levar à motivação para fazer mudanças que podem criar mais sucesso e evitar o perigo.

As emoções negativas são projetadas para nos manter seguros e nos motivar a melhorar nossas vidas, assim como as emoções positivas.

Como as emoções negativas nos afetam

O melhor exercício para gerenciar emoções negativas

Como você provavelmente já deve suspeitar, envolve imaginar sua melhor versão. Esse exercício eleva o humor e traz uma sensação de otimismo. Pode ser feito diariamente como uma atividade escrita em um diário ou simplesmente uma técnica de visualização e basicamente envolve imaginar a melhor vida possível que você pode viver, a melhor versão possível de si mesmo que você pode ser.

Pesquisas apontam que as pessoas que se dedicam a essa atividade por cinco minutos por dia durante duas semanas experimentam um humor mais positivo e um aumento no otimismo em comparação com pessoas que passam a mesma quantidade de tempo simplesmente pensando nas atividades do dia. Cinco minutos por dia é o suficiente. Esse é um ótimo uso do tempo.

Visualizando sua melhor versão, é mais fácil deixar as emoções negativas fluírem por você de forma passageira ao invés de se apegar a elas. 

O que você achou?

0 points
Upvote Downvote
O que é um animal de suporte emocional?

O que é um animal de suporte emocional?

Quando você começar a acreditar em si mesmo, essas cinco coisas surpreendentes acontecerão

Quando você começar a acreditar em si mesmo, essas cinco coisas surpreendentes acontecerão